quarta-feira, 19 de março de 2008

Impressões sobre a COPA São Paulo de Skate Para Meninas

No domingo passado (16/03) estive na COPA São Paulo de Skate Para Meninas, fui realizar a cobertura fotógrafica. Imaginando que o campeonato fosse começar por volta das 10:00hs, chegamos eu, Mônica (minha esposa), Nicoly (minha filha), Ricardo Brito (Fotógrafo da TRIBO) e Crislaine (noiva de Ricardo), mais ou menos às 09:30hs.

Ricardo Brito e Nicoly - Foto: Fernando Arata
Ricardo Brito e Nicoly

Bom, logo na chegada vimos que a pista montada estava sendo finalizada. Sentamos na arquibancada onde havia mais ou menos umas 15 pessoas, na maioria de meninas que iriam participar do campeonato. Não havia outro jeito, senão esperar.

Letícia Bufoni, f/s boardslide - Foto: Fernando Arata
Letícia Bufoni

A cada menina que chegava, notei que as já presentes comemoravam, ou seja, percebi que havia o reencontro delas. Uma vez que acredito que não se encontram frequentemente, já que são de diversas cidades, diversos Estados.

Claramente pude ver que existe união entre elas, e o evento proporciona a oportunidade de estarem juntas, mesmo que apenas uma vez no ano. Na pista não foi diferente, notei o respeito entre elas, as disputas por espaço eram tão somente pela vontade de andar.


Jéssica Florêncio, f/s feeble - Foto: Fernando Arata
Jéssica Florêncio

Foi prazeroso estar ali, em jogo estavam bons prêmios, mas o objetivo do evento acredto que seja o de reunir as meninas, para que troquem experiências, ou apenas para que se divirtam.

Durante a competição em si, enquanto uma estava se apresentando na pista, as outras, na arquibandada, gritavam histericamente a cada manobra acertada. Rivalidade existe, sim, existe, mas acima de qualquer disputa, umas torciam pelas outras.

Participante, f/s rockslide - Foto: Fernando Arata
...

Foi emocionante presenciar tudo isso, as meninas deram um bom exemplo, mostraram que as amizades ultrapassam fronteiras, e se colocadas acima da competição, a torna saudável.

Euli Vieira, f/s feeble - Foto: Fernando Arata
Euli Vieira

A imprensa/mídia em geral esteve lá, fiquei impressionado com a quantidade de fotógrafos, pude contar mais ou menos 10 ao mesmo tempo na pista, “disputando” espaço pelo melhor ângulo.

Tainá Nunes, destaque do Feminino 2 - Foto: Fernando Arata
A pequena Tainá Nunes

O resultado final, que ao meu ver só indicou quem ganhou o que, está descrito abaixo.

Texto: Fernando Arata


Feminino 1
1º - Letícia Bufoni
2º - Jéssica Hoefler
3º - Eliana Sosco
4º - Jéssica Florêncio
5º - Euli Vieira
6º - Bia Sodré
7º - Éster Perussi
8º - Daniela Pereira
9º - Jéssica Barreto
10º - Ana Paula de Araújo

Feminino 2
1º - Tainá Nunes
2º - Hiolanda Silveira
3º - Elen Carina
4º - Yasmin Camila
5º - Gabriela Saes
6º - Renata Ramos
7º - Ziliana Souza
8º - Jenifer Silva
9º - Thais Braga
10º - Andressa Araújo


Para ver mais fotos do campeonato, acesse:

Fernando Arata - Skate Frames
http://www.flickr.com/photos/arata_skate_frames/

ou,

Skate Para Meninas no Flickr
http://www.flickr.com/groups/skateparameninas/

2 comentários:

Rafael Bernardes disse...

O sentimento que tu trouxe ao texto, é muito bom, fico feliz que os eventos tem esse brilho. Assim como vc eu tbm tenho uma filha (nasce em abril) e quero muito fazer minhas sessions com ela, e vejo que terá mais meninas pra compartilhar a amizade em cima do skate.
Lembrei da época das "vacas magras", que tinha 2-3 campeonatos por ano. Cada amigo que chegava no evento era uma festa, e cada manobra realizada era como se todos tivéssemos acertado juntos. Coisa rara de se ver hoje em dia.
Parabéns pras meninas.
Ótimo texto e fotos Fernando.
Abraço.

Fernando Arata disse...

Ola Rafael...

obrigado pela visita...você é sempre bem-vindo...

Ver as meninas andando é algo especial...elas são mais "frágeis"...e isso limita um pouco elas...mas não em sua força de vontade...

Já nós...homens...quando disputamos algo as vezes esquecemos da amizade...

Diferenças a parte...andamos de skate... seja competindo ou não...e ele nos traz felicidade...e mesmo na dor...pois no final sempre temos algo para contar...

Fernando Arata