sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008

Skate em Foco – Primeiro aniversário!

Hoje, 22/02/2008, o Blog Skate em Foco está completando seu primeiro ano de vida.

Mas o que significa isso. Se falarmos em estatísticas, seriam X matérias, X divulgações de eventos, X coberturas de eventos, X entrevistas, etc...

Para mim, em minha humilde opinião, não devemos classificar sua importância através dos números, e sim através de sua importância como mídia na divulgação do esporte e, com isso, conseqüentemente em seu desenvolvimento.

Hoje, sem sombra de dúvida, o Skate em Foco é referência quando se quer obter informações sobre o skate no Estado de Santa Catarina, e isso é fruto do trabalho do skatista tubaronense Fernando Faísca Rosa, a quem irei entrevistar para sabermos se algo novo está por vir, e sua opinião sobre esse um ano que passou.

Fernando Faísca - na redação do SkateemFoco

Fernando Arata: Faísca, de onde e de quem veio a idéia da criação do Blog?

Fernando Faísca: Eu já tinha o costume de acessar blog’s. Como sou formado em Comunicação Social, desde a faculdade, estava lapidando e construindo conceitos próprios sobre as formas de mídias alternativas. Era algo que me chamava à atenção, pois se tratava de um meio de expressão livre de qualquer proibição. Nessa época eu estava um pouco distante do skate, pois aqui em Tubarão, meus colegas de sessão haviam abandonado o skate e estava surgindo uma nova geração. Meus compromissos diários eram apenas serviço e família. Nesse período eu tive a oportunidade de ter contato com a fotografia, pois eu trabalho como diagramador e editor de arte de um jornal aqui de minha cidade. Um dia resolvi fazer algumas fotos da nova geração do skate aqui da cidade e fui bem aceito, pois a maioria já me conhecia dos tempos que eu andava de skate aqui em Tubarão. Deste contato com a fotografia eu tive a oportunidade de comprar uma Câmera Digital SLR e comecei a fotografar os skatistas daqui. Através do incentivo da rapaziada eu voltei a embalar o carrinho novamente e surgiu a idéia do blog, que unia as minhas paixões: o skate, a fotografia que era novidade e a minha profissão de comunicador. Foi assim que surgiu o SkateemFoco, que hoje, dedico um tempo de minha rotina diária ao blog. Tive a sorte também de ter o apoio dos skatistas aqui da região, que viram no SkateemFoco um forma de divulgação do esporte, já que a mídia tende, por razões racionais e financeiras, apresentar apenas o skate dos grandes pólos.

Fernando Faísca - Foto: Deivis Vieira


Fernando Arata: Qual era a sua experiência na divulgação do esporte, e também nas ferramentas da internet para criação de um Blog? Quais foram as dificuldades iniciais?

Fernando Faísca: Minha experiência com divulgação do esporte era nenhuma. Apenas tinha o conhecimento do skate e de algumas técnicas de design, que acredito eu, me ajudaram demais a dar crédito ao blog. No começo eu tive bastante dificuldade com as ferramentas da internet, mas quando você faz algo com dedicação, acaba superando as barreiras.

Fernando Faísca - Foto: Roberto de Souza


Fernando Arata: No início, seu objetivo era o desenvolvimento do esporte em sua Terra Natal (Tubarão/SC), mas desde que acompanho o Blog eu dizia que se tornaria referência do skate no Estado, você imaginava isso? Você considera que reúne grande parte de tudo que acontece no Estado?

Fernando Faísca: Então, é até engraçado. Meu foco era o skate daqui de Tubarão. Mas acabei visualizando, com ajuda de você também, que nosso Estado era uma grande fonte de informação, além de ser apaixonado por Santa Catarina e por presenciar poucas formas de divulgação do esporte daqui, principalmente quando comecei a andar de skate, em meados de 1996. Nosso Estado sempre foi rico em talentos, mas pouco valorizado fora dele, isso é algo que não entra na cabeça de alguém que valoriza tanto suas raízes. Vou lutar pela divulgação do Skate do Sul, esse é o meu foco hoje.

Rodrigo Nazário - Foto: Fernando Faísca


Fernando Arata: Fotografia, você começou com a necessidade do Blog?

Fernando Faísca: Como expliquei antes, a fotografia que me levou a criar o blog. Infelizmente hoje, para comprar o material para fotografar você gasta muito dinheiro e não tem um retorno do investimento. Além de você ter que aprender sozinho, pois é difícil você encontrar alguém que troque informação de fotografia de skate, com raras exceções. Mas não ligo muito para isso, devagar vou conquistando meu espaço e não tenho grandes sonhos de ser fotógrafo profissional de skate, ou ter fotografias em revista, pois acredito que é necessário ter muita experiência e conhecer muitos contatos para isso se tornar uma realidade, principalmente para quem está começando hoje. Isso torna um sonho ter minha própria mídia, mas é preciso trabalhar muito, mostrando aos poucos meu trabalho para as pessoas, não sendo algo que acontece de um dia para o outro. Por enquanto vou fazendo aquilo que eu gosto, andando de skate, curtindo minha família e levando uma minha vida normal.

Ari Neto - Foto: Fernando Faísca

Salvio Sandrini - Foto: Fernando Faísca


Fernando Arata: Em algum momento você pensou em desistir? Por algum motivo específico ou por falta de motivação?

Fernando Faísca: É difícil as pessoas reconhecerem teu serviço. Não posso dizer que não tenho apoio das pessoas aqui do meu Estado, pois muita gente acredita no SkateemFoco. Acho que eles conseguem perceber que é algo nosso, que terão sempre espaço, indiferente de patrocínio ou “jabá”. Mas fora do Estado é difícil receber motivação, mas sempre têm as exceções. Felizmente sou um cara de sorte, tenho apoio de pessoas importante para mim que são os meus amigos e principalmente de minha família. Decepções, críticas e desilusões todo mundo têm, mas acredito que nos servem como lição para errar menos e erguer a cabeça para tocar o barco a frente, sempre caminhando, isso que importa.

Raniere Rodrigues - Foto: Fernando Faísca

Geléia - Foto: Fernando Faísca


Fernando Arata: Faz pra gente uma retrospectiva desse ano que passou?

Fernando Faísca: Consegui conferir muita coisa de perto e divulgar bastante o esporte aqui da região. Realizei alguns sonhos, como ver uma etapa do vertical profissional de perto, como o Skate Balneário Camboriú Xtreme, participando do evento como imprensa e tendo acesso aos atletas, vendo os caras que eu sempre acompanhei apenas pelas revistas. Mas teve muita coisa que aconteceu aqui no Estado que não pude comparecer. Teve alguns campeonatos que por falta de ajuda financeira, não foi possível fazer a cobertura e fotos. Mas de uma maneira geral, foi muito bom e prazeroso. Aprendi bastante esse ano que passou e me serviu para me amarrar ainda mais no blog e no skate. É engraçado porque nem sempre tenho tempo para dedicar ao blog, mas acordo respirando skate. Transformei-me num leitor assíduo de revista e um frequentador constante de sites de skate. Sinceramente, fazia alguns anos da minha vida que eu não me sentia tão bem comigo mesmo. Fiquei longe do skate por um tempo e vi o quanto eu perdi, meus amigos hoje, todos tem relação com o skate, graças ao SkateemFoco.

Roberto de Souza - Foto: Fernando Faísca

Gustavo "Guga" - Foto: Fernando Faísca


Fernando Arata: E agora para 2008, podemos esperar novidades?

Fernando Faísca: As novidades surgem de um dia para o outro, sem muita programação. Não fiz meu calendário ainda para esse 2008, mas tenho certeza que vai ser melhor do que passou. Quero estar presente em todos os campeonatos e tudo que estiver relacionado ao esporte aqui em Santa Catarina. Vamos trabalhar para divulgar o skate daqui.

Fábio Castilho em Tubarão - Foto: Fernando Faísca

Fábio Castilho em Tubarão - Foto: Fernando Faísca


Fernando Arata: Além do Blog, você mantêm outros projetos relacionados ao esporte, como por exemplo, a ATSB (Associação Tubaronense de Skate). Conte-nos por que a associação foi criada, quais já foram as suas conquistas e qual é o objetivo para 2008?

Fernando Faísca: Tudo que surgiu relacionado ao skate aqui da minha cidade, nesses últimos tempos, o SkateemFoco está envolvido. Nunca o skate daqui esteve tão presente nas mídias locais, sempre quando tem algum campeonato eu bombardeio as mídias com releases e sempre sai alguma coisa. Temos até um jornal local, o OEsporte que divulga os skatistas daqui semanalmente. Pode perguntar para alguém que andava de skate a 3 anos atrás para ver se o skate era tão valorizado como é hoje.
A idéia da Associação vem de muito tempo, desde o tempo que eu conheço o skate já pensava em uma Associação, só não sabia que no futuro eu fosse o concretizador da idéia. Venho de uma cidade que nunca teve uma pista pública de street, chegamos a construir uma pista particular que durou alguns meses, faltou grana. Depois veio algumas iniciativas privadas que também não deram certo, pista particular é difícil dar certo. Skate tem que ser livre, sem cobrar nada, a rapaziada já se empenha um monte para comprar peça, ainda mais pagar R$ 3 por hora para andar de skate.
Mas o skate daqui sempre revelou bons talentos para Santa Catarina, sem nunca ter o apoio da prefeitura. Hoje me vejo na obrigação de dar uma oportunidade para essa nova geração, coisa que nunca tive quando ingressei no skate.
Sou pai, penso que meus filhos terão a mesma vontade que sempre tive, de ter alguém que fizesse a frente e que nos ajudassem, mas nunca ninguém fez nada concreto pelo esporte daqui.
Sinto-me na obrigação e no dever de concretizar os meus sonhos perdidos para essa gurizada nova. É algo que eu tenho dentro de mim e que eu levo muito a sério!

Grito dos excluídos


Fernando Arata: Suas considerações finais.

Fernando Faísca: Essa parte final gostaria que não enxergassem como conselho, tire suas próprias conclusões. Se você gosta de skate, faça a frente, ande de skate e divirta-se. Mas nunca esqueça de contribuir para aquilo que você ama, que você acredita. Não espera as coisas venham até você, mova-se, tenha atitude. Seja criativo e evoluído!
E eu não poderia deixar de agradecer as pessoas que sempre me ajudaram. Agradecer de coração ao Fernando Arata e família, pois não me conhecia pessoalmente e mesmo assim acreditou em mim, pela oportunidade de responder essas perguntas, por ser meu maior incentivador e colaborador do blog, além de fazer um papel importante na divulgação do skate em Santa Catarina. A minha esposa Gisele, que atura minhas noites sem sono na frente do computador e que ultimamente tem me acompanhado nas loucuras, como cortar o litoral catarinense inteiro de moto, atrás de campeonatos de skate. Meus filhos, por conviverem sem minha presença em alguns momentos. Philipe Gordo, meu parceiro de sessão, incentivador e colaborador no iniciou do SkateemFoco. Marcos Bollmann que tem me dado enorme apoio desde o início sendo peça fundamental para a divulgação do blog fora do Estado. Ao blogueiro, agora celebridade Giancarlo Machado, do Skate é Cultura, pela troca de informação, é “nóis” irmão! Ao Uriel do Sk8.com.br, um fanfarrão da primeira linhagem e grande incentivador, além de toda equipe do site, todo sucesso do mundo a vocês. A rapaziada de Tubarão, principalmente do Anjelacrew, pois representa demais o skate daqui e que me dão orgulho de representar. Aos integrantes da ATSB, nosso sucesso e nossos sonhos com empenho serão realizados, vocês vão ver. Meus parceiros do blog como o Juninho da Coral Reef, Eduardo da Virtual Surf and Skate Shop, Evandro da Personality e Luiz da Black Silver, esses sempre vão ter espaço. As mídias que divulgam nosso trabalho e a todos que ajudam diretamente e indiretamente ao SkateemFoco.
Na verdade, não queria responder as perguntava porque acreditava que ninguém irá querer ler algo sobre mim, um cara que não tem nome, nem cadeira cativa no skate nacional. Mas lendo e respondendo as questões, vi que é uma oportunidade legal para divulgar o skate do Estado e dar, quem sabe, um exemplo para surgir novas iniciativas e outros blogs como o SkateemFoco.
Preservem suas raizes e vamos todos blogar!


Faísca, sou grato a você por poder acompanhar o skate em Santa Catarina, te desejo sucesso e estarei sempre contido.

Obrigado pela sua colaboração.

Fernando Arata

Um comentário:

Gigi Quebrabarraco disse...

E ai Arata, parabéns éla matéria, ficou show de skate!!! hahaha ( pra nao dizer show de bola)
Bom fim de semana pra familia ai viu!